Ambiente Virtual de Aprendizagem

Um ambiente virtual de aprendizagem, ou apenas AVA, é um sistema ou aplicação que coleciona recursos e ferramentas voltados ao ensino-aprendizagem on-line. Quaisquer que sejam eles, tanto alunos e professores estarão cobertos por uma estrutura que permite a disponibilização de conteúdo, entrega e avaliação de trabalhos, bem como o acesso a todo o rendimento obtido durante um curso, por exemplo.

Apesar dessas características, um AVA não substitui de uma vez por todas o modelo tradicional de ensino presencial que estamos acostumados a ver. Ele surge, primeiramente, como um complemento deste processo de aprendizagem, se aproveitando da melhor disponibilidade de recursos remotos, bem como da necessidade da mesclagem entre o mundo real e o virtual. Dentre as principais vantagens do uso destes sistemas, pode-se incluir:


  • Estimulação a autonomia do aluno;
  • Geração de relatórios de desempenho;
  • Apesar de remoto, é um espaço que facilita o trabalho coletivo e de compartilhamento de ideais, tornando a aprendizagem dinâmica e acessível.

Com a PORTARIA MEC Nº 544, DE 16 DE JUNHO DE 2020, que aborda a substituição das aulas presenciais por aulas em contextos digitais em decorrência da pandemia de COVID-19, estes ambientes ganharam ainda mais notoriedade. Neste momento, as Instituições de Ensino, do infantil a pós-graduação, tiveram que se adaptar à nova realidade que surgira rapidamente. Opções não faltam. O mercado de AVAs possui muitos representantes, desde os gratuitos até plataformas sofisticadas, porém pagas. Desde modo, podemos destacar o Moodle (utilizado pela Universidade de Brasília - UnB), Blackboard e Canvas, por exemplo. A escolha pelo Moodle pela UnB (e por grande parte das universidades públicas brasileiras) se deve a alguns fatores. Podem-se destacar:


  • Software livre.
  • Fácil implementação.
  • Comunidade mundial de ajuda e compartilhamento de ideias.
  • Implementações e atualizações frequentes.
  • Integração com outros sistemas, como Teams, Turnitin.
  • Altamente personalizável.

Além do Moodle, a UnB conta com os serviços da Microsoft, como Office 365 e o Teams. Este último, apesar de não ser considerado um AVA propriamente dito, acaba dando suporte a questões educacionais, por fornecer aos seus usuários um local para colaboração em equipes.

O Moodle na UnB

O primeiro contato da Universidade com este sistema ocorreu em 2004, originalmente pelo Departamento de Matemática. Em 2009, sob a gestão do CEAD, o Moodle da UnB foi chamado de Aprender. Esta nomenclatura persiste até hoje, porém nas versões 2 e 3. Em 2011, entretanto, a gestão passou a ser feita pela UAB (DEGD). Em 2018, com a junção do DEGD e CEAD, o Aprender retorna a ser gerenciado pelo CEAD.


Atualmente, conta-se com duas versões do Aprender na UnB - ambas gerenciados pela equipe técnica do CEAD. O Aprender 2 é focado para cursos de extensão oferecidos pelos docentes da Universidade (ou pelo CEAD) ou ainda àqueles alunos da Universidade Aberta do Brasil (UAB). É importante mencionar que a UnB foi pioneira no modo de ensino a distância.


Já o Aprender 3 é direcionado aos alunos de graduação e pós-graduação dos campi: Asa Norte, Ceilândia, Gama e Planaltina. De maneira resumida, este ambiente é voltado para aqueles que estudam presencialmente na Universidade.


Apesar da identidade visual distinta, ambos possuem a mesma versão do Moodle, a 3.11. É a mais recente disponível a comunidade. Mas salienta-se a iminência da versão 4.0, que promete dar um salto na qualidade de experiência.

Microsoft Teams

A suíte de aplicativos Microsoft Office 365 Educacional (Office 365, versão A1) encontra-se disponível para todos os alunos regulares da UnB, bem como para o seu corpo técnico-administrativo e professores, mediante um acordo de cooperação firmado entre a UnB e a Microsoft.

Dentre os benefícios desse acordo, podemos citar o incremento do espaço de armazenamento das contas de e-mail para 50 GB, 1 TB disponível para armazenamento de arquivos na nuvem (OneDrive), além do acesso aos demais aplicativos da suíte Office (Word, Excel, PowerPoint, Teams, OneNote, dentre outros).

Diferentemente do Aprender 2 e 3, a equipe que gerencia a plataforma Office na UnB é a Secretaria de Tecnologia e Informação (STI).

Voltar para o menu principal