Centro de Educação a distância

 

 

Antes de chegar ao Decanato de Ensino de Graduação (DEG), Sérgio de Freitas, professor de Engenharia de Software da Faculdade do Gama (FGA), ocupava a diretoria do Centro de Educação a Distância (CEAD) da UnB. Sua atuação na unidade visou reestruturar os cursos de ensino a distância, por meio de inovação metodológica e uso de tecnologias de informação, com destaque para o lançamento do programa Aprendizagem para o Terceiro Milênio (A3M).

 

Um dos objetivos da empreitada foi mudar a maneira como as coisas acontecem na sala de aula, dando aos docentes subsídios para atuarem de forma mais atrativa junto aos estudantes. “Entendo que o convite para o DEG surgiu a partir desse conjunto de experiências”, afirma o decano, que lecionou na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) antes de vir para Brasília.

 

Soma-se à experiência do decano a participação, desde 2006, como avaliador do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o que lhe rendeu “não só conhecimento da política educacional brasileira, como também sobre legislação e sobre diversas instituições no país”.

 

Ao longo da jornada acadêmica, o professor de Engenharia percebe que as mudanças tecnológicas têm impactado a forma que as novas gerações interagem, inclusive, com o conhecimento. “As instituições de ensino, nacionais e internacionais, estão buscando entender o que está acontecendo e como trazer soluções para essa nova interação”, observa o especialista.

 

Para Sérgio, uma estratégia fundamental na gestão é compreender o contexto da UnB, que inclui iniciativas desenvolvidas por cerca de 150 docentes em diversas unidades acadêmicas. “Nosso objetivo não é buscar coisas mirabolantes, mas entender o que esses professores estão fazendo, transformar e permitir que outros professores na Universidade de Brasília atuem”, explica.

 

O decano acredita que a voz do estudante precisa fazer parte desse momento de redesenho de práticas. “Estudante não é um ser passivo, pelo contrário, é ativo e tem tanta bagagem que deve ter a opinião sobre como resolver esse problema considerada ", diz.

 

Para conferir a entrevista na íntegra, acesse: https://noticias.unb.br//publicacoes/76-institucional/2140-decano-de-ensino-de-graduacao-quer-modernizacao-de-metodologias-na-unb

 

Fonte: Nair Rabelo/Secom UnB

Foto: Beto Monteiro/Secom UnB

Copyright © UnB|CEAD|Centro de Educação a Distância
Campus Universitário Darcy Ribeiro - Brasília - DF